segunda-feira, 16 de novembro de 2009

Acordo sobre clima vai pro brejo

Água tem. Verde tem. Fauna, também (principalmente de anfíbios). Assim é um brejo que foi didaticamente definido pelo Houaiss como sendo um "terreno alagadiço, lodoso, pântano".

Mas a expressão é utilizada negativamente quando algo dá errado. "A vaca foi pro brejo!, usa-se quando a criação se perde do restante do rebanho e atola naquele fatídico terreno.

Parece que este é o melhor cenário para mostrar para onde estão nos empurrando os senhores responsáveis pelo futuro ou derrocada do planeta. É que a partir das intenções dos EUA, os países reunidos no fim-de-semana, no fórum Ásia-Pacífico, resolveram adiar o debate sobre metas de redução de gases causadores do efeito estufa.

Com a medida, a Conferência de Copenhague do Clima, em dezembro, perderá a oportunidade de tratar de um assunto da mais alta complexidade e gravidade.

Analisada a capacidade dos líderes mundiais em protelar a tomada de decisões eficazes para reduzir os efeitos nocivos daquilo que eles mesmos criaram, a humanidade caminha para ocupar um ambiente de grandes instabilidades futuras. Situações que não pouparão sequer nossas vacas que poderão não mais ter um simples brejo para se atolarem.

Um comentário:

  1. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir